terça-feira, 15 de setembro de 2015

Um Chute na Bunda da Síndrome do Pânico e Depressão

       


   
Falar de um assunto tão delicado como esse, podemos abordar o tema de varias maneiras, mas eu prefiro falar (ou tentar) de uma maneira que você irá ler e sentir de fato que você pode mudar essa situação. Não quero que você se sinta como se estivesse vendo seu médico falar com você, como se fosse só mais um paciente que sofre dessas “doenças”. Por isso tenha paciência por que este post é longo mas tem informações muito importante que espero que te ajude caso sofra de alguma dessas “doenças” como me ajudou.

                                  DEPRESSÃO 

       No modo geral as pessoas quando estão com depressão entende que está sendo afetado por algo diferente das outras experiências de tristeza que já teve na vida. É algo mais intenso de todas as formas, um vazio dentro de si, falta de vontade de querer viver, acreditar que não se encaixa em lugar nenhum, distúrbio de sono entre muitos outros sintomas. A principal característica da depressão é o desequilíbrio químico os Neurotransmissores (substância química produzida em uma célula do cérebro, o neurônio). Essas substâncias são responsáveis por levar as informações pela área de neurônios do nosso cérebro - que inclui as sensações de prazer, serenidade, disposição e bem-estar. "A depressão irá afetar neurotransmissores como Serotonina (Felicidade), Dopamina (atividade motora, automatismos, motivação, recompensa, produção de leite, regulação do sono, humor, ansiedade, atenção, aprendizado) e Noradrenalina (hormônio de alerta) que interferem justamente nesses sentimentos".  E esses são sentimentos que fazem parte de um time, ou seja, a falta de um deles já traz mudanças na pessoa que balança o psicológico.

                      SÍNDROME DO PÂNICO 

        O sintoma mais conhecido é um medo enorme sem explicação, que pode ser de objetos, lugares, situações, pessoas e você acha grotesco sentir esse medo, mas não consegue controlar você simplesmente sente. Outros fatores são crises seguidas de preocupações duradouras com a chances de ter novos ataques. E as consequências desses ataques começa a agravar no dia a dia seja por medo de perder o controle, enlouquecer no meio de todo mundo, ter ataque sem saber que está tendo um ataque, ter um treco no coração entre outros. A síndrome do pânico varia muito a intensidade, então nem todos sentem os mesmos sintomas. A crise do pânico pode ser classificada em níveis leve, moderada, grave e muito grave. Por exemplo alguns conseguem sair de casa para trabalhar com dificuldades e fazendo um esforço muito grande. Porém tem outros que não conseguem nem mesmo sair da porta de casa, ficando trancado no quarto ou em casa no geral. E isso agrava mais ainda pois a convivência com outras pessoas se torna cada vez mais difícil para quem está nesse nível. Devido a pessoa ter até medo do medo, com receio de ter um ataque em público ela evita qual quer situação em que acha que isso pode acabar acontecendo, por isso aos poucos ela acaba se afastando de todos e de tudo.

COMO DAR UMA VOADORA NESSAS DUAS DOENÇAS!


        Bom é obvio que não vou falar de tratamentos que você pode fazer em casa sendo os mesmos que um paciente terá indo ao médico. Tanto para as duas doenças os médicos utilizam métodos como psicoterapia e principalmente medicações. E se você deseja ter uma avaliação de uma pessoa estudada eu aconselho primeiramente buscar auxilio com um médico de sua confiança.

           Antes de tudo eu tive as duas doenças em um grau leve que estava começando a se agravar e enchi elas de "porrada" sem ajuda de "profissionais" para ficar livre e ainda luto bastante para ficar próxima de uma vida saudável sem transtornos. Então tudo o que eu falei e vou falar, eu sei do que estou falando por que eu tenho experiência. Já vou logo falando meus motivos de não ter procurado um "profissional", pelo simples fato de que sempre acreditei que nem tudo se resolve com uma conversa de alguém que está sendo pago para ti avaliar e receitar medicamentos que contem efeitos colaterais nos quais não me agrada nem um pouco passar por isso. 


Então quando mais velha descobri que o que eu vinha sofrendo era essas doenças optei por eu mesma resolver este problema. Mais uma vez eu digo que aqui comigo você não terá receitinha de tratamentos que 95% dos que sofrem com essas doenças, recebem indo a um "especialista”. Tem pessoas que preferem conversar com um profissional para ser avaliado e entender o por qual motivo estão sofrendo de tais sintomas ou para apenas receber medicamentos pois acreditam que é mais fácil se curar assim.

Você que sofre de uma dessas doenças se estiver lendo isso é por que não está num grau tão grave ainda (Quem está num grau avançado, não tem animo para procurar outros tipos de soluções pela internet e etc.) e se você conhece alguém que sofra disso pode muito bem ajuda-lo (a) nessa batalha. Então antes de mais nada (você que é o sofredor) pegue o tanto de força que estiver dentro de você e jogue fora tudo aquilo que é velho na sua casa que não tem mais serventia ou que você se sinta atraído (a) de uma maneira estranha. Limpe a casa por completo e se puder limpe com a pedra Anil dissolvida na água que é maravilhosa e ajuda restabelecer sua áurea tirando tudo que é pesado (energia) da sua casa. 

Abra as janelas, portas e deixem a luz do sol entrar ou se for noite deixe a luz do luar entrar. Por que não adianta nada a pessoa fazer o tratamento com um médico ou em casa e viver num ambiente que toda energia tensa está lá. Fez tudo isso que citei, agora tome um banho do pescoço aos pés também com a pedra Anil dissolvida na água (pode ser banho de sal grosso também) e sem se enxaguar coloque roupas limpas e vá até o lugar que você mais gosta de ficar na sua casa; sente se e agora iremos começar com o primeiro passo da atividade interna.  Aconselho muito a gravar a si mesmo falando conforme as orientações a seguir, pois como será a primeira vez que a pessoa ira liberar tudo que está na alma no coração e principalmente na mente, não vai falar algo planejado ou pensado e sim algo que precisa sair, que precisa ser dito. Caso você irá ajudar uma pessoa orientando como fazer os procedimentos, lembre-se essa atividade tem que ser da forma mais independente possível da pessoa que sofre dessa condição. Por isso apenas diga o que precisa ser feito e passe as instruções. Nunca diga para ele fazer e sim que é preciso fazer (Preciso quando é dito a alguém, mostra que se desejar ter soluções para algum problema é necessário realizar certos tipos de atitudes e sacrifícios) pois é necessário ter um diálogo e um autoconhecimento dele mesmo consigo mesmo, para entender que o próprio pode se curar e sair dessa.
      Sendo assim eu vou passar as atividades de uma forma como se eu estivesse fazendo, no caso vou narrar em primeira pessoa. E não dizer o se deve fazer pois é fácil falar, mas é difícil fazer o outro sentir.
   
Atividades de tratamento interno

1º Passo-  estou colocando um espelho no qual eu consiga olhar o meu rosto e me analiso por tempo indeterminado. Estou tentando enxergar com esses olhos quem é essa pessoa que vejo e o que veio fazer aqui na terra. Olho para o espelho e converso com meu reflexo>  Por que você me da esse medo? (Estou esperando uma resposta do inconsciente) por que está evitando tudo ou todos eles? (Estou esperando uma resposta do inconsciente). Você sabe que essas crises vão ter que parar, pois a sua batalha aqui é maior que tudo isso não sabe? (Estou esperando uma resposta do inconsciente) Bom eu estou te olhando nos olhos agora e quero que você olhe nos meus também. Está olhando lá dentro? Agora tenta se lembrar de quem eu sou realmente! (Estou esperando uma resposta do inconsciente) Ele (a) acordou e está me dizendo que vou começar a me curar a partir de agora. Você e todas as suas pragas e todas as suas crises e todos efeitos ruins vão partir dessa mente e desse corpo. A minha essência despertou e com muito gosto eu digo que todos vocês vão me deixar e ir embora para longe. Conseguiu entender o que estou dizendo ou quer que eu repita? (Se for preciso repita) (Estou esperando uma resposta do inconsciente). Acabou acabou eu vim para uma missão muito importante e não posso mais ceder meu tempo precioso a vocês.  Por isso me despeço com prazer e minha conversa com você se encerra aqui.
Obs.: Se tiver uma bagunça de vozes ou pensamentos na sua cabeça é preciso dizer em voz alta PAREM TODO MUNDO, E RESPONDA APENAS A QUEM ESTOU PERGUNTANDO.

Na nossa cabeça todos nós temos conversas com o nosso EU, com o eu inconsciente e com a nossa essência. É como se tivéssemos " dois melhores amigos" 24 horas dentro de nós que responde tudo, quando falamos internamente. E quando nós estamos com problemas tanto como depressão quanto síndrome do pânico esse nosso "melhor amigo" do eu consciente, fala tudo "negativamente. Por isso como citado acima caso seja preciso, peça a "ele" para PARAR de falar e diga isso em voz alta para que o eu da essência te responda.


        Eu respiro fundo e sinto toda a energia cobrir meu corpo da cabeça aos pés, limpar toda a minha mente, colocando a armadura sobre mim para encarar os desafios a mim confiados.


2º Passo-  Alimento minha mente 


        Bom gente é isso essas foram duas atividades que fiz até me sentir curada e mesmo assim ainda hoje eu faço meditações para me sentir centrada no dia - a - dia. Em relação ao primeiro passo é uma conversa e uma avaliação consigo mesmo, por isso se você ouve a voz do seu inconsciente te respondendo espere ele terminar de falar para você fazer as perguntas que você quiser. Como tinha dito, eu mostrei a atividade eu fazendo em primeira pessoa então aquela foi a minha avaliação. E aí você faz a sua própria ou pode se basear nela pra começar a sua atividade com as suas perguntas. 


As respostas não são respostas feitas ou seja; as respostas vão de acordo com a sua essência com o seu lá no fundo que acordou e está dando o veredito final sobre o fim dos seus problemas. Quanto ao segundo passo vai de cada um preencher a mente com o que achar que vai ajudar a mostrar bons resultado futuramente. Eu costumo fazer isso com livros e fazendo pesquisas de plantas e principalmente do Cosmos. Além de me fazer muito bem, sempre que estudo sobre esses assuntos me confirmo cada vez mais que para todos nossos problemas tem soluções e da mesma forma que fazemos parte do Cosmos nós somos poderosos; basta começar a se desenvolver para a nossa própria evolução. 

Mas aí vai de cada um ver o que prefere usar no segundo passo. Tem gente que se interessa em desenvolver projetos variados, tem gente que quer fazer estudo dos sonhos, tem gente quer fazer parte de trabalhos comunitários e por aí vai. Tanto para os dois passos, eu oriento a repeti-los sempre que se sentir que ainda não está no seu estado "normal", até conseguir socializar mais com as pessoas e em situações que no passado acreditava que poderia ter algum risco. E é bom ouvir durante o dia ou quando desejar a gravação de sua avaliação, para se lembrar das soluções que foi dada durante a seção.

       

Então é isso pessoal se você leu até aqui espero que de alguma forma a leitura tenha te ajudado. E lembrando que todas as pessoas que não sofrem dessas doenças, podem fazer a atividade que eu falei, pois é bom as vezes dar um tapa para acordamos e espantarmos essas doenças que podem chegar na calada. E como não vou contar a minha experiência se não isso iria acabar virando a bíblia novo testamento, vou dizer o que descobri com as atividades além de ficar curada. Descobri que sou empata (capacidade de perceber e ser afetado pelas energias de outras pessoas e ter uma capacidade inata de sentir e perceber intuitivamente outros), então isso na minha vida respondeu bastante coisas (quem sabe você não é também). 

 Você é um empata? Saiba trabalhar isso, caso seja!

Ainda assim até hoje evito multidões, evito sair em um grupo grande de pessoas e raramente saio com os meus amigos. Mas é porque quem tem esses dons, consegue facilmente sentir a energia das outras pessoas, sentir os sentimentos e acaba dando uma turbulência de emoções. Por isso gosto mais de ser reservada e acabo me tornando até muito anti social. A grande diferença entre o que eu sou agora, para uma pessoa doente que fui, é que agora sei mais como lidar com as pessoas, eu sei conviver em grupo quando preciso e sei que por mais que amoooo ficar sozinha e usar a solidão como aliado é PRECISO conviver com outras pessoas. Pois não viemos aqui para ter experiências sozinhos e sim vivendo com outros seres vivos sendo de forma rápida ou longa.

  
E é isso gente, esse foi um Post que fiz com bastante trabalho e carinho e pensando em todos aqueles que como eu já sofreu ou ainda sofre daquelas crises safadas que citei! Se você tem o poder de se ajudar ou ajudar alguém que sofre disso ajude! Não estou dizendo que a maneira como me curei é a certa e é 100% eficaz; mas me ajudou muito. Para quem se sente melhor estando nas mãos de profissionais para se tratar eu oriento fazer tratamento fazendo Regressão que não deixa de ser uma avaliação de si mesmo porem muito mais profunda.  Lembrem-se sempre, se vocês tiverem a opção de não precisar usar medicamentos para se tratar, não usem! Qual quer duvida que tenham é só perguntar e terei o prazer de esclarecer!

Que o Cosmos abençoe a todos nós!

2 comentários:

  1. Gostei do teu post favoritando teu blog pois quero le-lo bem devagar, analisando cada orientação que destes.
    Ás vezes as sindrome do pânico vem em forme de morte como se fossemos ter um ataque cardíaco eu tive um quase morri e num sabia o que era foi horrível.
    Indo ao médico descobri um ataque de ansiedade ou de pânico e que pode vir a me dar um ataque cardiaco de verdade pois eleva minha pressão, me sufocou e tirou meu ar po vários minutos....
    Muito bacana seu post e texto.
    Parabéns!
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Fico muito feliz que você gostou Jenny :) Acredito que a síndrome do panico é mais intensa, pois um dos motivos é que a gente nunca sabe quando podemos ter um ataque.
    Bom qual quer duvida que você tiver estarei a disposição :)

    ResponderExcluir

Todos aqui tem o direito de dar opinião. A partir do momento em quer qual quer um, faltar com respeito com o próximo as postagens serão excluídas;e se persistir sera banido.